Publicado por: Big_DJouse | março 28, 2008

Sobre Paciência

Dois humanos almoçavam e conversavam em um daqueles botecos de esquina. Ele aproximou-se, mas não chegou muito perto. Ainda não era o momento. Como costumava se repetir: a chave de tudo é a paciência. Quando chegou a uma distância segura, sentou-se e ficou a encarar docilmente um deles. Essa era uma fase importante: se ele encarasse o humano errado, podia perder a refeição. Dos dois que ele encontrou, começou a encarar o mais gordinho. Regra de ouro: os gordinhos são mais simpáticos e mais fáceis de dominar. Talvez eles saibam melhor o que é ter fome.

Latir? Nem pensar! Tem humano que se irrita facilmente. Quando você quer comida, não pode ficar chamando atenção direto. No final, você só vai levar uns gritos, talvez uma pedrada. E matar a fome, que é bom, nada. Ele apenas ficou lá, sentado, fazendo aquela cara de coitadinho que os humanos tanto adoram.

Finalmente o gordinho o olhou. Ótimo, conseguiu atrair a atenção deles. Agora vinha o mais difícil: cativar. Rapidamente ele começou a abanar a cauda e a colocar a lingua pra fora, num esboço de sorriso. O humano viu por um instante, curioso, depois foi falar alguma coisa com o outro. Ao menos não fora enxotado, já era um bom sinal. Ficou ali esperando, até que ele o olhasse novamente. Afinal, paciência era a chave.

Depois de um bom tempo, o humano o olhou novamente. Dessa vez ele usou outra estratégia. Deitou-se e enfiou a cabeça entre as patas, enquanto encarava o gordinho com o olhar mais humilde e carente que possuia. Isso não falhava nunca, humanos adoravam demonstração de humildade. O gordinho sorriu, satisfeito, e atirou-lhe um pedaço de carne.

Ótimo! O almoço estava garantido. Ele devorou o pedaço e ficou ali, ainda próximo. Geralmente eles atiravam mais um ou dois pedaços. O humano já estava dominado, então bastava ser paciente. Como esperado, o gordinho atirou-lhe mais dois pedaços (que generoso) e ele então deu-se por satisfeito. Talvez conseguisse comer alguma coisa a mais no dia, talvez não. Se não conseguisse, paciência.

Anúncios

Responses

  1. Textoo…contoo …perfeitooo!!
    Hum sem paciência ninguém consegue fazer nada…
    Sem PACIÊNCIA eu nada seria!

    Meu amor :***********


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: