Publicado por: Big_DJouse | julho 13, 2005

Sobre as surpresas que um livro reserva

Juro que parecia um livro legal. Sobre um serial killer que não deixava rastros e um detetive que conseguia desvendar qualquer caso. Não tive dúvidas, peguei-o da estante e fui fazer o empréstimo. Comecei a ler ali mesmo, só pra matar o tempo enquanto esperava minha vez na fila da biblioteca. Foi aí que comecei achar estranho. Começou com os nomes dos personagens, esquisitíssimos. Mania do autor, pensei. Depois foram as irritantes notas de rodapé para explicar quem era, por exemplo, Albert Einstein. Ou seja, completamente desnecessárias. Mas tudo bem, permaneci firme. Reparei que sempre tinha uma palavra que não se encaixava no texto. Talvez fosse chatice minha mesmo. Eis que vejo então uma frase tal qual a seguinte, em um diálogo banal entre o mocinho e seu colega de trabalho:

– O clima está denso. Até parece que meu diafragma está tendo trabalho dobrado para encher meus alvéolos pulmonares de ar.

Puta que o caralho (boa essa)!! Não lembro se a frase era assim, mas porra, você já viu alguém falando em diafragma e alvéolos pulmonares enquanto comenta o tempo? Sem falar que tinha nota de rodapé pra explicar o que era diafragma e alvéolos pulmonares, pra que você não perdesse nada. Quando li essa frase, desisti. Corri para a estante, deixei o livro lá e peguei um de Mário de Andrade. Algo mais seguro, entende?

Anúncios

Responses

  1. Ja que tu deve ta navegando e jaja vai olhar se alguem comento, entra no msn que quero falar ctg heehehe
    SObre o texto:
    Nunca sabemos oque nos aguarda!

  2. Só para variar Gabiru, falando merda!!!
    Ei, juba, já que queres escrever vou te dá um bom motivo, e o local, pra exercer essa arte:
    http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=1678145

    Pode criticar!!!!!!!!

  3. Me tira essa duvida!!!!!

    Sobre os amigos…

    Temos sempre alguns camaradas que consideramos muito, são os nossos amigos.
    Podemos dizer que há um amigo pra tudo:
    Amigo pra beber;
    Ver filmes;
    Conversar;
    Falar da vida sentimental;
    Trabalhar;
    Dentre outros…
    Certo, digamos que exista alguém que reúna mais de uma dessas características, acima citas, então teremos um “ melhor amigo”.
    E quando esse seu melhor amigo não corresponde ao esperado, dá uma escorregada, faz uma “fuleragem”….
    … até que ponto você seria amigo de um cidadão, supomos como Renato???
    Alguém aqui se intitularia(fora eu) amigo dele???
    Bem, só estou fazendo essa pesquisa por que vi umas coisas essa semana que me levaram a crê que amizade talvez seja uma coisa de momento, e que um cidadão que critica o outro pode se tornar o “melhor amigo” deste.
    E ai quem encara????

  4. Hum, não entendi esse comentário, Patrick. Acho que aqui não é o melhor lugar pra se fazer essa pesquisa. O pessoal começaria a responder aqui e o propósito desta caixa de comentários, que é comentar assuntos pertinentes ao post, iria se perder. Se quiser, a gente te responde pelo mail. Afinal de contas, pouca gente tá entrando neste blog.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: